emisferica 4.2
emisferica 4.2 printer friendly document

Improvising Tomorrow’s Bodies: The Politics of Transduction




RESUMO

Improvisando os Corpos do Amanhã: A Política da Transformação de Energia

O computador tornou-se uma parte irreversível das histórias culturais e sociais das artes nas quais a improvisação serve, há muito tempo, como um lugar para a exploração interdisciplinar, trocas de narrativas pessoais e culturais e a "mancha" das fronteiras entre as formas de arte. O papel sempre abrangedor desempenhado pelos sistemas digitais interativos num meio-ambiente econômico, social e culturalmente globalizado está sendo agora complementado por uma reteorização semelhantemente abrangedora de como a improvisação produz conhecimento e significado. Porque ambas a improvisação e a computação servem como lugares importantes para a exploração interdisciplinar nas artes, humanidades e ciências, uma teorização acoplada da improvisação e interatividade nos ajudará a iluminar as diferenças inevitáveis que fragmentam e rompem até mesmo as noções mais fluidas e flexíveis da socialidade, agência, história e poder. Parte memórias, parte história e crítica, esta palestra explora, entre outros tópicos, a contenção de que os debates políticos sobre a natureza e a função da música e os corpos se tornam inevitavelmente embutidos na estrutura do software.

FECHAR



Pontos de Vista

Danza e integración social


Apresentações dos Artistas

Relatórios de Campo

Visualizando a Ausência


Mesa redonda

MapUrbe’zine: los cuerpos de “la lucha” en el circuito Heavy-Punk Mapuche


Reflexiones sobre una intervención urbana: el Proyecto Filoctetes


Bullets for B-Roll: Shooting Native Films and Street Gangs in Western Canadian Cities


Fuerza, acontecimiento y herencia



Humor

Gordas!


Ativismo

Travestis: una identidad política


Así como tú me quieres, yo no quiero ser de ti



Notícias & Eventos